21 julho 2016

Resenha: The Duff

Autor : Kody Keplinger
Editora: Globo Alt
328 Páginas
Qualificação: 


SINOPSE
Bianca Piper não é a garota mais bonita da escola, mas tem um grupo leal de amigas, é inteligente e não se importa com o que os outros pensam dela (ou ela acha). Ela também é muito esperta para cair na conversa mole de Wesley Rush - o cara bonito, rico e popular da escola - que a apelida de DUFF, sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, a menos atraente do seu grupo de amigas. Porém a vida de Bianca fora da escola não vai bem e, desesperada por uma distração, ela acaba beijando Wesley. Pior de tudo: ela gosta. Como válvula de escape, Bianca se envolve em uma relação de inimizade colorida com ele. Enquanto o mundo ao seu redor começa a desmoronar, Bianca descobre, aterrorizada, que está se apaixonando pelo garoto que ela odiava mais do que tudo.

RESENHA
Bianca tem cabelos cacheados, seios pequenos e é medrosa demais para furar as orelhas. Wesley se aproxima dela por interesse em suas amigas e a apelida de DUFF (Amiga Designada Feia e Gorda), pois ela é a menos bonita do seu grupo de amigas.
O livro mostra uma amizade verdadeira entre ela, Casey e Jessica. Quando Wesley e Bianca começam a fazer o trabalho juntos sobre "A letra escarlate", Bianca começa a omitir várias coisas das amigas.
Sua mãe viaja muito dando palestras sobre seus livros de autoajuda e isso acaba destruindo o casamento de seus pais, fazendo com que seu pai recorra novamente ao álcool após ela pedir o divórcio. Isso faz com que Bianca busque um “refúgio” em Wesley e o use para tentar esquecer seus problemas. Somado a isso, seu ex-namorado, uma desilusão amorosa cruza seu caminho novamente e se torna mais uma “coisa a ser esquecida e afogada nos braços de Wesley”. Ela acredita ser a única garota a não cair de amores pelo garoto popular, mas confidencia a ele os seus problemas e por mais incrível que pareça ele se mostra um ótimo ouvinte.
Wesley tem sempre vazia sua casa enorme e sua avó o acha uma péssima influência para a irmã Emy. Quando Bianca percebe nutrir sentimentos por Wesley, ela se afasta por achar que ele nunca namoraria uma DUFF. Então ela começa a namorar Toby, um garoto que ela achava que sempre gostou, para tentar esquecê-lo. Embora tenha gostado de Toby Tucker por 3 anos, ela não consegue parar de pensar em Wesley.
Será que o garoto popular vai passar por cima de sua reputação e lutar pela primeira vez por uma garota? E ainda por cima uma DUFF?
Amei a Bianca do livro: que revira os olhos e tenta se proteger de qualquer sentimento emotivo e amei o fato de ela e Toby lerem “O morro dos ventos uivantes” e como ela relaciona sua vida com o livro. É um livro com um enredo que flui facilmente e me surpreendi bastante, pois assisti ao filme primeiro e não gostei muito da Bianca “abobalhada” do filme.

FILME X LIVRO

Gênero: Comédia
Duração: 1h41min

Ainda bem que assisti ao filme primeiro, pois seria decepção na certa. Bianca é uma NERD e tem cabelos lisos. Ela cai de amores por Toby que NÃO TEM cabelo de tigela. Sua mãe que foi abandonada pelo seu pai e escreve livros de autoajuda para superar o trauma, mas ela vive com a mãe, pois eu pai preferiu a guarda do cachorro.
Cortaram todas as cenas de sexo onde ela corria atrás de Wesley. No filme ela procura Wesley para deixar de ser uma DUFF e conquistar Toby em troca de ajudá-lo a estudar para a prova de química. Eles são vizinhos desde sempre e ele é um babaca.

Madison é a namorada de Wesley e compartilha um vídeo de Bianca falando de Toby, o que faz Bianca pensar ser obra de Wesley. O filme retrata bastante o Bullying e tem um baile, que no livro Bianca deixa bem claro que acha fútil e não vai. Essa Madison nem existe no livro, só uma tal de Vikki.

Bianca chama Toby para sair e segue as dicas de Wesley, mas dá tudo errado. Ele só tinha interesse em suas amigas. Depois tem o baile, onde Wesley e Madison são coroados rei e rainha e ele se declara para Bianca.


Se não compararmos ao livro até que o filme não é ruim, mas é uma péssima adaptação.

Resenha feita por Vanessa Januth

25 comentários:

  1. Oi adorei sua resenha!
    Estava pensando em ver o filme, mas agora acho melhor ler o livro primeiro :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah lê sim. Se quiser eu te empresto quando eu pegar ele de volta (ta emprestado). Pensei em colocar pra viajar no lv.

      Excluir
  2. Conheci o livro recentemente e muitas pessoas são da mesma opinião de que o livro nem se compara ao filme, que nesse caso, o filme não fez jus à obra. Eu pretendo ler o livro em breve, a história me chamou muito a atenção.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom que pretende ler. Achei essa capa mais bonita que a versão original e o marcador de pezinhos que veio junto é muito fofo. Bjs

      Excluir
  3. Olá
    Realnente livro e filme parece ter só os nomes em comum, fico tão irritada quando muda tanto filme e livro, inclusive estou preferindo assistir os filmes antes de ler o livro, oara poder aproveitar melhor os filme, porque, olha, está difícil.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então... as amigas dela parecem tão fúteis no filme e fizeram o Toby parecer o canalha da história quando ele devia só estar tentando esquecer a ex.

      Excluir
  4. OI Vanessa!
    Já esperava que o filme não fosse fiel ao livro. Sempre acontece, ainda mais em romances ou comédias romanticas, mas confesso que gostei muito do longa. Eu fiquei encantado pelo casal e me senti muito apegado a Bianca, não só por ela ser muito engraçada, mas pela realidade que a personagem mostra. Acabei me identificando. Quero muito ler o livro, mas ainda não tive oportunidade, mas pretendo *-*

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Só li mesmo porque ganhei o livro no sorteio do skoob. Depois do filme eu não compraria o livro. Bjs

      Excluir
  5. Assisti ao filme primeiro e aamei, estou lendo o livro, mas estou achando ele muito sério.
    Pela sua resenha podemos ver que são bem diferentes, fiz bem em assistir primeiro, senão iria ficar com muita raiva por ser diferente a adaptação rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também assisti primeiro ao filme e achei a Bianca meio Tata Werneck. Rs

      Excluir
    2. Realmente kkk é um filme de comédia né? Eu gosto de filmes assim...

      Excluir
  6. Oi, não o livro e o filme, mas achei a premissa interessante e mesmo o livro e o filme sendo voltado para o publico adolescente, eu leria, pois acho bem legal livros com essas tematicas, e com certeza, leria primeiro o livro e depois veria o filme. Ótimas dicas e anotadas.
    bjus

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem!? Nossa acho que sou de outro planeta e não sabia que tinha o filme desse livro. Mas geralmente as adaptações não ficam sempre tão boas quanto a história original do livro. Duff é um livro que tem um enredo que não me atrai apesar de tratar temas importantes como o bullyng.
    Vou deixar a dica passar...
    BJ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então ... o livro nem fala sobre bullying. Só o apelido de DUFF, mas não é aquele compartilhamento de vídeo que tem no filme. Não deixa passar não que é bem legal o livro... vc vai gostar. Bjs.

      Excluir
  8. Olá, já li o livro e assisti o filme e gosto dos dois, acho o livro mais sério e o filme mais engraçado, mas realmente se for comparar os dois como um só não tem nada a ver uma coisa com a outra, a história é totalmente diferente, a única semelhança é o fato da bianca ter sido chamada de DUFF

    ResponderExcluir
  9. Nunca li o livro. Mas, já assisti filmes com uma temática parecida com este.
    Mesmo assim, despertou a minha curiosidade :)
    http://oblogcaentrenos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. A história parece ser bem legal: fala de preconceito e autoaceitação, tomara que esteja muito bem escrito pois faria dele um livro maravilhoso. Vou colocar na minha lista de leitura.

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Oie
    muito legal sua resenha, eu já vi o filme e adoreeeei, estou mega curiosa pelo livro desde que lançou por aqui e sempre vejo resenhas elogiando

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Ultimamente estou ouvindo muitos comentários legais sobre esse livro e estou ficando animada, essa é a primeira resenha que leio do livro e me empolguei aqui hahaha, não sabia da existência do filme, uma pena ser uma adaptação ruim, e acho que vou assistir primeiro para não me decepcionar então kkkkk

    ResponderExcluir
  13. Já vi esse filme e não sabia que era baseado em livro, gostei do filme! Ainda bem que assistir antes de ler né?
    Essa questão de adaptações são complicadas né? Eu acompanho Diário de um Vampiro (seriado) e quando comprei o box de livros pra ler quase surtei com as diferenças. :(

    ResponderExcluir
  14. Oi

    Tanta gente já me indicou o livro e eu ainda não o li. Fiquei curiosa com sua resenha é gostei da premissa. Bastante.

    Agora me diz. ..qual adaptação não fica abaixo do livro?

    Hehe

    Ótima resenha

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que "O quarto de Jack" foi uma adaptação bem fiel. Desse parece que só usaram os mesmos nomes para os personagens. Que bom que gostou da resenha. Bjs

      Excluir
  15. Oi

    Tanta gente já me indicou o livro e eu ainda não o li. Fiquei curiosa com sua resenha é gostei da premissa. Bastante.

    Agora me diz. ..qual adaptação não fica abaixo do livro?

    Hehe

    Ótima resenha

    Bjs

    ResponderExcluir

Olá, sua opinião é muito importante.
-O que achou da postagem?
-Gostou do blog?

Comente abaixo:}
Muito obrigada por estar aqui e volte sempre!

imagem-logo
Desenvolvimento por
imagem-logo